Melhor vocabulário para usar na redação de concurso público

Tempo de leitura: 6 minutos

As pessoas custam encontrar dificuldades marcantes no momento de fazer uma redação. Uma reflexão das suas vivências cotidianas. A facilidade ou complicação para manter a qualidade e eloquência do texto tem ligação direta com as práticas exercidas pelas pessoas e a forma como se relacionam com terceiros e com o mundo.

Seres humanos estão sempre aprendendo coisas novas. O seu desenvolvimento cognitivo e intelectual se constrói de acordo com a forma como as suas interações acontecem. Logo, somos eternos aprendizes e é um equívoco dizer que em um lugar ou durante um determinado período nada foi aprendido.

Faz parte da natureza humana a evolução constante. Independentemente do tipo de prática ou situação a qual foi exposta, uma pessoa está sempre absorvendo coisas novas e aprendendo.

O Homem é uma consequência do meio que vive. Uma criança que cresce entre pessoas que costumam usar palavras inexistentes, fazer uso não coeso ou coerente delas ou, até mesmo, usa-as de forma “errada”, como consequência, irá usar tais palavras da mesma forma. Aquele foi o único cenário possível em que a introduziram.

Dessa forma, conseguimos imaginar que um bom vocabulário nasce da formação cultural e o contexto social dos ambientes que se costuma frequentar. O ser humano tem como principal característica ser social e a socialização é que lhe oferecerá recursos para encorpar, organizar e filtrar o seu vocabulário.

Uma pessoa com um bom vocabulário o adquire das seguintes formas: pertencendo a um meio social em que as pessoas são cultas e se expressam de forma correta ou “rica”, lendo muito livros de diferentes gêneros que lhes garantem mais suporte intelectual e praticando a sua escrita, praticando o exercício de engendrar os termos em diversas situações.

No momento de escrever, muitas são as pessoas que podem apresentar algum tipo de dificuldade de se expressar bem. Mas, isso não significa que não tenham um bom vocabulário. Em alguns casos, essa pessoa só não tem a prática da escrita em dia e encontra dificuldade de, de fato, transcrever as ideias e os verbetes pensados.

Aí está algo que merece atenção. Essas pessoas precisam praticar mais a sua escrita. O treinamento constante faz com que as pessoas se desenvolvam e encontrem melhores alternativas para os seus problemas. Com a constante atividade das palavras, a escrita ganha garbo, beleza e fluência.

Assim como qualquer outra atividade humana, a escrita precisa ser praticada para ser lapidada.

As pessoas melhoram o seu vocabulário quando praticam, incessantemente, três atividades elementares para o intelecto dos seres humanos: a fala, a escrita e leitura. Ler os livros diversos sobre diferentes assuntos, escrever e conversar com pessoas, faz com que as evoluam e percebam a diferença em seu leque de termos.

Para prestar concurso público e ir bem à redação é preciso que as pessoas estejam com vocabulário extremamente afiado.

O vocabulário usado em redações

As redações são uma parte fundamental do processo de seleção para um cargo público, mas também uma etapa que tira o sono de muitos candidatos. Existe um grande número de pessoas que não têm ideia de como expor as suas ideias, de como colocar para fora em palavras o que passa pelas suas mentes.

Outro problema se caracteriza pelo tipo de escrita que se deve usar nas redações, muitas pessoas encontram dificuldades em se adequar a formalidade de praxe. Para escrever uma redação é preciso estar atento se o que estamos desenvolvendo respeita a norma padrão.

As pessoas se perdem quanto a isso porque imaginam que a língua quando falado em nada se difere quando se escreve. A crença popular é que no momento de passar para o papel o que se deve fazer é a transcrição das ideias, coloca-las da mesma forma como foram pensadas, imaginadas e seriam faladas.

Mas, existe uma grande diferença entre a língua que se fala e a que se escreve. No momento de escrever, deve-se atentar ao fato de estar ou não seguindo as regras impostas pela norma padrão. Uma norma que unifica o modo como às pessoas se expressam por escrito para facilitar o entendimento durante a leitura.

Para ter os melhores resultados durante a realização da prova, é necessário que o candidato tenha plena consciência dessa situação. Que saiba diferenciar termos e assim enriquecer o seu texto. Do contrário, não saber usar a norma padrão pode comprometer a qualidade do seu texto e, consequentemente, a aprovação no concurso público.

A língua quando falada permitir a seu emissor conectar uma série de características diferentes que não ajuízam a sua eloquência, como a mímica mútua a fala, a entonação usada, as expressões resultantes da cultura ou região, entre outras diferenciações.

A língua quando escrita não permite tais liberdades, ela possui maior rigidez que a fala. Ele deve passar a mensagem para o receptor, leitor, de forma coesa, coerente e clara. Tal exigência é importante porque as pessoas não estão próximas umas das outras, mas, ainda assim, deve ser possível interpretar a mensagem com eficácia.

Melhorando o seu vocabulário para redação de concursos públicos

Existem algumas práticas que podem ser introduzidas em seu dia a dia com a escrita e que fazem com que melhoramentos sejam observados em sua capacidade de desenvolver um bom texto, de fazê-lo claro, coeso, coerente e relevante.

A leitura é um passo essencial, visto que é por meio dela que terá contato com o conteúdo exposto por outras pessoas, conhecerá novas palavras e maneiras de utiliza-las. Quando você visualiza um termo, a mensagem é enviada para a sua mente e quanto mais ler mais este verbete será fixado em sua memória.

Outra forma de desenvolver o seu vocabulário é escrevendo bastante. Existem diversas formas de exercitar as palavras. Você pode escrever diários, pode escrever textos literários e poemas ou, até mesmo, registrar por escrito as melhores receitas de sua avó.  Isso te garantirá maior fluência de escrita.

No caso dos concursos, a redação melhora ainda mais quando se treina elementos como temas atuais que pipocam nos noticiários, tamanho do texto e submissão a cronometragem.

Melhor vocabulário para usar na redação de concurso público
Avalie esta postagem

Sobre Concurseiro Paulista

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo site Concurseiro Paulista que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.