Fundação Carlos Chagas

Tempo de leitura: 6 minutos

Fundação Carlos Chagas, resumidamente, é uma das melhores bancas organizadoras e examinadoras de concursos públicos. É uma entidade funcional de direito privado, que não possui fins lucrativos. 

Fundação Carlos Chagas é reconhecida como uma entidade de utilidade pública em todos os âmbitos (federal, estadual e municipal), dedicada à avaliação de competências cognitivas (relacionada ao processo de aquisição do conhecimento) e profissionais, e à pesquisa na área de educação. 

 

O início 

Fundada em 1964, a Fundação Carlos Chagas rapidamente expandiu as suas atividades realizando em todo o território nacional exames vestibulares, processos seletivos e concursos para selecionar profissionais tanto para entidades públicas, como para entidades privadas. 

Isso se deu em virtude do impulso de um grupo de professores universitários, e também, pesquisadores, que buscavam selecionar os alunos com maior qualidade para cursar o ensino superior. 

A seleção de qualquer procedimento da Fundação Carlos Chagas sempre foi transparente, respaldada em pesquisas e modelos de avaliação educacional, e voltados ao domínio mais amplo de conhecimentos, em contraposição à especialização excessiva que caracterizava os vestibulares até aquele momento.  

E foi assim que nasceu o Centro de Seleção de Candidatos às Escolas Médicas e Biológicas, que depois se constituiu como uma fundação, a Fundação Carlos Chagas, hoje uma das bancas mais respeitadas no universo dos concursos públicos e elaboração de certames de ampla concorrência. 

A partir da década de 70, a Fundação Carlos Chagas criou o Departamento de Pesquisas Educacionais, e passou a desenvolver um amplo espectro de investigações interdisciplinares, voltadas para a relação que existia entre a educação e os problemas e perspectivas sociais que assolavam o Brasil. 

 

A Diretoria e o Conselho 

Fundação Carlos Chagas, desde o seu início, sempre procurou incorporar especialistas que, além de darem respaldo a uma ação diferenciada relacionada à realização dos mais variados projetos na área de seleção, também desenvolviam pesquisas relacionadas com essas ações, e ainda, que buscassem analisar a sua efetividade e os possíveis impasses. 

Hoje, o corpo diretor da Fundação Carlos Chagas, assim como o seu conselho, é formado por um pessoal altamente respeitado e ético: 

Presidente de Honra 

Rubens Murillo Marques 

Diretoria 

Diretor Presidente Executivo – João Luís da Silva  

Diretor Vice-Presidente Operacional – Lúcia Villas Bôas  

Diretor Administrativo-Financeiro – Roseli dos Santos Gancho 

Conselho Curador 

Nelson Fontana Margarido (Presidente)  

Bernadette Cunha Waldvogel  

Carlos Eugênio de Carvalho Ferreira  

Catharina Maria Wilma Brandi  

Elza Salvatori Berquó  

Nelson de Castro Machado  

Pedro Henrique Godinho  

Tomasz Kowaltowski 

Conselho Fiscal 

Cláudio Leonardo Lucchesi  

Élio Lourenço Bolzani  

Marco Antonio Fiori Scarparo  

Luciana Paula Castilho Barone (Suplente) 

 

O perfil da banca 

Fundação Carlos Chagas já realizou mais de 2300 concursos públicos no Brasil desde a sua fundação. 

Mais de 270 instituições recorreram a Fundação Carlos Chagas como banca organizadora de seus certames. 

Mais de 20 milhões de concurseiros já realizaram provas elaboradas pela Fundação Carlos Chagas. 

Esses números colocam a FCC entre as melhores do país. 

As provas elaboradas pela Fundação Carlos Chagas nos mais diversos concurso ou exames pelo Brasil, são compostas por questões de múltipla escolha, geralmente com 5 alternativas, onde somente uma é a correta. 

Há também perguntas que pedem para marcar a resposta errada, por isso, toda atenção é necessária nas provas da FCC. Um simples erro por desatenção pode separar você do seu sonho. 

E falamos isso com base no histórico e provas aplicadas. A Fundação Carlos Chagas é a banca que mais solicita para fazer a indicação da resposta errada. 

Outra característica das provas elaboradas pela Fundação Carlos Chagas está no fato de montá-la para cobrar praticamente tudo o que contempla o conteúdo programático do edital do certame. 

O nível de dificuldade das provas é elevado conforme o nível de escolaridade exigido para o cargo, ou seja, quanto maior a instrução do candidato, mais ele será cobrado nos exames. 

Comparando os últimos certames organizados pela Fundação Carlos Chagas, podemos notar que para cargos de nível médio foi aplicada uma prova que exigia bastante conhecimento, mas relativamente mais simples. 

Para a área fiscal, a prova já se mostrou mais densa e complexa, enquanto que, para os últimos concursos da área de tribunais que teve a Fundação Carlos Chagas como banca, teve uma prova de nível mediano. 

Uma diferença entre a Fundação Carlos Chagas e outras bancas está no modo como é cobrado a utilização da Língua Portuguesa. Enquanto as outras bancas aceitam a utilização do português mais contemporâneo ou sub-normativo, a FCC cobra pela forma normativa. 

Na área legal, por exemplo, a cobrança é mais voltada no conhecimento explícito do que nas interpretações doutrinárias ou jurisprudenciais. 

E os candidatos para se dar bem nos exames da Fundação Carlos Chagas precisam ter domínio no assunto. 

Uma boa sugestão é buscar provas de concursos anteriores para estudar, assim você terá uma boa ideia de como a banca age em concursos que é a organizadora. 

 

Cursos e seminários 

Fundação Carlos Chagas também ministra alguns cursos e seminários que você pode visualizar em seu portal. 

Já são 35 cursos realizados, e hoje, 5 estão com inscrições abertas: 

  • Fundamentos Teóricos da Abordagem Interseccional – Raça, Gênero e Classe 
  • Metodologias Ativas – Projetos Educacionais, Ensino Híbrido e Sala de Aula Invertida 
  • Software Chic – Processamento, Análise e Apresentação de Dados 
  • Análise de Conteúdo Temático-Categorial: Contribuições de Diferentes Autores para a Técnica de Análise Temática e Interpretação dos Dados 
  • Introdução à Análise de Dados Qualitativos com Utilização do Software Atlas.TI (versão 8.0 Windows) 

Em relação aos seminários, já foram realizados 26, e hoje tem 3 com inscrições abertas: 

  • A Mediação como Princípio Educacional: Concepções e Critérios 
  • Cenários de Gestão de Escolas Municipais no Brasil 
  • Uso de Casos de Ensino para Formação de Professores 

 

Publicações 

Fundação Carlos Chagas ainda conta com publicações que só enriquecem o grupo.  

Como revistas científicas, você encontra Cadernos de Pesquisas; Estudos em Avaliação Educacional; Textos FCC; e Educação e Seleção. 

Também há E-books, com destaque para os dois volumes do Ciclo de Debates. 

E, não poderíamos deixar de citar os livros, com 24 publicações, entre elas: Políticas Educacionais em Regiões Metropolitanas no Estado de São Paulo; e O Trabalho Docente: Avaliação, Valorização e Controvérsias. 

Fundação Carlos Chagas
Avalie esta postagem

Sobre Concurseiro Paulista

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo site Concurseiro Paulista que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *