Erros mais frequentes nas provas de História

Tempo de leitura: 6 minutos

Você sabe como evitar os erros mais frequentes nas provas de História dos Concursos Públicos? Nesse artigo, daremos alguns exemplos para você se preparar para o certame.

Os concursos públicos

Atualmente dada a degradação geral da economia com impactos diretos no mercado de trabalho, a procura por concursos públicos tem se intensificado. Historicamente, os concursos públicos sempre foram uma boa alternativa para se conseguir um emprego que tem, entre as características mais motivadoras, a possibilidade de se ter um emprego normalmente com estabilidade.

Entretanto, vale notar que principalmente em função da grande procura e em função dos benefícios próprios do serviço público, ser aprovado em um concurso é uma tarefa muito árdua que exige daqueles que se dispõem a concorrer, uma grande dose de esforço, seja do ponto de vista do estudo dos programas que são específicos para cada cargo e mesmo no que diz respeito à administração das expectativas com relação aos mesmos.

Normalmente, mesmo depois da aprovação, o candidato ainda tem de esperar pelas fases finais até que a nomeação aconteça. Muitas vezes essa espera pode durar alguns meses.

Como se preparar

Partindo da premissa de que para se atingir objetivos em qualquer atividade humana é sempre adequado e especialmente necessário estar preparado, vamos aqui falar sobre os erros mais frequentes nas provas de História, a fim de alertar para pontos que a princípio podem parecer bastante óbvios, mas que na verdade, acabam sendo deixados de lado e finalmente não sendo levados em conta na hora de se encarar o desafio de um concurso público.

As provas de História nos concursos

De uma maneira geral, o conteúdo programático para os concursos em que a matéria História faz parte dos conhecimentos objetivos exigidos, é muito parecido, não havendo diferença significativa entre os vários concursos.

Então aqui, a dica para se escapar dos erros mais frequentes nas provas de História é ficar bastante atendo nos assuntos que constam dos editais e que podem aparecer nas provas.

Como esse costuma ser um dos erros mais frequentes nas provas de História, vale à pena dedicar uma atenção especial à uma análise minuciosa do edital, no que se refere ao conteúdo que será exigido nas provas. Essa análise, na verdade, será a base fundamental para a preparação e o direcionamento dos estudos.

Os itens mais relevantes são entre outros relacionados a conceitos e fontes históricas, civilizações importantes ao longo do tempo, revoluções, guerras, invasões, crises, governos e colonizações, apenas para citar alguns itens.

Planejamento é essencial

Outro dos erros mais frequentes nas provas de História costuma ser o de não dar a devida importância ao planejamento.

Tenha consciência de que um bom planejamento irá ter impacto significativo no resultado do seu estudo. O Planejamento visa especialmente organizar o material a ser estudado, as pesquisas a serem realizadas além de estabelecer uma sequência adequada para o estudo.

Como resultado, um bom planejamento costuma trazer mais rapidez na consolidação dos conhecimentos necessários para realizar a prova, ou seja, o planejamento permitirá uma economia considerável de tempo de estudo, além de fazer com que o estudo possa ter uma sequência mais lógica com consequente maior eficácia.

Planejar, planejar e planejar

Dada a importância do planejamento para se proteger dos erros mais frequentes nas provas de História, aqui vai mais uma dica importantíssima que irá facilitar e incrementar o planejamento: logo após uma análise cuidadosa do conteúdo programático propriamente dito, é de fundamental importância tentar identificar quais os pontos do conteúdo merecem mais ou menos tempo de estudo.

Essa avaliação, da mesma forma otimizar o tempo de estudo. Para ser mais prático, isso significa tentar identificar, dentro do conteúdo programático aqueles itens que não demandarão um estudo mais aprofundado, seja porque você já tem um certo domínio sobre ele ou mesmo porque a relevância dele não seja tão importante.

Lembre-se de que o conteúdo programático pode contém uma quantidade muito grande de assuntos e que essa análise pode ser bastante útil.

Sempre vale reforçar que os erros mais frequentes nas provas de História podem ser evitados especialmente aqueles que podem trazer mais resultado com um menor esforço. Então, lá vai mais uma dica: fazer testes simulados. Fazer testes simulados tem uma função muito importante durante o planejamento dos estudos.

Os testes simulados quando feitos com seriedade, permitirão que você tenha uma ideia geral de como você está em relação aos pontos mais importantes do conteúdo. Esse conhecimento lhe permitirá seguir para o passo seguinte, ou seja, definir a prioridade de estudo.

Estabelecer prioridades

Como já pôde ser notado, existem uma série de erros mais frequentes nas provas de História e dessa forma passamos a falar de mais um deles: muitas vezes, especialmente quando o tempo para o estudo é bastante limitado por uma série de fatores diferentes, é fundamental importância estabelecer prioridades. Nesse sentido, equivale dizer que, na falta de tempo será preciso escolher o que e quanto tempo dedicar a cada ponto do conteúdo.

Ter foco

Já que a falta de foco também tende a ser um dos erros mais frequentes nas provas de História, vamos também abordar essa questão.

Considerando que você decidiu se inscrever para concorrer a um concurso público, seja por necessidade ou por afinidade com o modelo de um cargo público assumiu a responsabilidade pelos custos financeiros decorrentes dessa decisão e conhece a complexidade e dificuldade para atingir seu objetivo, nada mais inteligente e elementar é compreender que haverá necessidade de focar esse objetivo de forma a atingir a sua aspiração de conseguir ser aprovado. Isso requer foco, ou seja, deixar de lado tudo aquilo que durante a processo, não seja relevante para atingir o seu objetivo de passar nesse concurso público.

Planejar e agir para atingir o objetivo

Perceba que evitando os erros mais frequentes nas provas de História, você estará mais perto de ser aprovado.

Lembre-se que, embora sejam fundamentais o entendimento e domínio dos conceitos de planejamento aqui aplicáveis e dedicação, de nada vale se não houver um passo final que é tomar as ações necessárias com base em tudo o que foi planejado. Isso te dará a oportunidade que você precisa para ser feliz e ter sucesso no cargo público que você escolheu.

Boa sorte.

Erros mais frequentes nas provas de História
Avalie esta postagem

Sobre Concurseiro Paulista

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo site Concurseiro Paulista que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.