Como funciona o concurso público para a Santa Casa de São Paulo?

Tempo de leitura: 6 minutos

Considerado o maior hospital filantrópico, a Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, mais conhecido como Santa Casa, é um dos lugares no qual futuros médicos desejam exercer sua profissão, mas para isso, é preciso realizar exames e é muito importante entender como funciona o concurso público para a Santa Casa de São Paulo.

Desde o edital até o momento de descobrir se passou ou não, o candidato precisa ter atenção e dedicação para, além de entender como funciona o concurso público para a Santa Casa de São Paulo, também usar seus conhecimentos para ter sucesso nas provas teórica e prática.

A Santa Casa de São Paulo

Instituição filantrópica fundada por volta de 1560, a Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo é um dos Centros de Referência Hospitalar mais importantes do país e sua história anda junto com a da cidade de São Paulo como, por exemplo, em 1932, durante a Revolução Constitucionalista, a Irmandade recebeu os soldados que fizeram parte deste acontecimento.

A Irmandade da Santa Casa de Misericórdia já esteve localizada no Largo da Misericórdia, na Chácara dos Ingleses e na Rua da Glória, até que em 1884, foi inaugurado o Hospital Central. Já já teve vinculação com a Universidade de São Paulo (USP) e a Escola Paulista de Medicina (Unifesp), e desde 1963 se tornou a sede da reconhecida Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

Como prestadora de serviços para o SUS (Sistema Único de Saúde) e para convênios públicos de saúde, a Irmandade possui um grande compromisso filantrópico, onde todos os recursos obtidos são investidos nos próprios hospitais.

O objetivo da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo é garantir um atendimento positivo e eficaz para todos os pacientes do munícipio e seus visitantes, procurando um atendimento e ensino excelente para todos.

E sempre por meio de profissionais especializados e qualificados, tecnologias avançadas, respeitando o ser humano e arcando com uma grande responsabilidade social.

Como funciona o concurso público para a Santa Casa de São Paulo

Considerado um dos lugares que milhares de futuros médicos gostariam de estudar e exercer a profissão, para ingressar na Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo é preciso passar por um processo seletivo realizado por meio de um concurso público. Para isso, é importante conhecer passo a passo como funciona o concurso público para a Santa Casa de São Paulo.

Como todos os concursos público o primeiro – e um dos mais importantes – é ler o edital. Parece óbvio, mas há casos onde o candidato, devido a muitos motivos, deixa de ler o edital e acaba ficando com o conhecimento defasado sobre regras e pontos importantes como, por exemplo, como deve ser feita a inscrição e como é realizada a seleção, além da explicação sobre as provas que serão feitas. Por isso, leia o edital sempre. É por meio dele que o candidato irá entender como funciona o concurso público para a Santa Casa de São Paulo.

Outros pontos que também constam no edital são sobre os programas, a inscrição, como é feita a seleção, quais são as orientações tanto para a prova da primeira fase quanto da segunda e entre outras informações.

O segundo passo é fazer a inscrição. É neste momento que a dica sobre ler o edital começa a mostrar sua importância, pois é nela que consta todas as regras para realizar a inscrição e, ao se inscrever, o candidato está de acordo com todos os pontos que o edital apresenta, caso contrário, a inscrição será anulada. Em seguida, é o momento das provas

As provas

Para entender como funciona o concurso público para a Santa Casa de São Paulo é essencial também conhecer o conteúdo exigido nas duas fases de provas. Vale lembrar que, o estilo da prova varia de acordo com o programa que o candidato se inscreveu.

Na primeira fase, para os participantes dos Programas de acesso direto, a prova possui 100 questões de múltipla escolha abordando temas sobre Clínica Médica, Pediatria, Ginecologia, Cirurgia Geral e Obstetrícia e Medicina Preventiva e Social.

Já a prova para os candidatos dos Programas de Especialidades Cirúrgica, a prova possui 50 questões de múltipla escolha que aborda assuntos que envolvem a Cirurgia Geral. Para os Programas de Especialidade Clínicas, a prova também possui 50 questões de múltipla escolha sobre Clínica Médica.

O Programa de Pediatria (3º ano opcional), a prova possui 50 questões de múltipla escolha abordando assuntos sobre Pediatria. Já para o Programa de Medicina Intensiva, a prova também apresenta 50 questões de múltipla escolha sobre Clínica Médica, Cirguirgia Geral e Anestesiologia.

Para o candidato do Programa de Endoscopia, ele encontrará uma prova com 50 questões de múltipla escolha abordando temas como, Clinica Geral e Cirurgia Geral. Já para o Programa de Cirurgia de Mão, a prova consiste também com 50 questões de múltipla escolha sobre Ortopedia e Traumatologia e Cirurgia Plástica. E para o Programa de Angiologia e Cirurgia Endovascular, também apresenta 50 questões de múltipla escolha sobre Cirurgia Vascular.

Após a primeira fase – e eliminatória – o candidato realiza a segunda fase, a parte prática e eliminatória. Aprova da segunda fase dos Programas de Acesso Direto será realizada em cinco estações: Clínica Médica, Pediatria, Ginecologia e Obstetrícia, Cirurgia e Medicina Preventiva e Social, além da Análise Curricular.

Já para a prova da segunda fase para Programas que apresentam pré-requisitos, é preciso realizar a Entrevista e Análise Curricular, que apresenta peso de 10% na nota.

A seleção

Outro ponto que consta no edital e que é muito importante para entender como funciona o concurso público para a Santa Casa de São Paulo, é a questão de como é o processo de seleção do candidato.

Para a efetuação da seleção do candidato nos programas de acesso direto (que não exige qualquer tipo de pré-requisito), ele deve obter 50% da nota na prova da primeira fase (escrito e objetivo), 40% da prova da segunda fase (prática) e 10% da análise feita do currículo do candidato.

Para os demais programas, o candidato deve obter 90% da nota da primeira fase e 10% da análise do currículo. Atingindo essas notas, o candidato estará classificado no concurso.

Essas foram as informações básicas para entender como funciona o concurso público para a Santa Casa de São Paulo. Lembrando que ler o edital é a dica mais importante, afinal é nele que consta todas as informações detalhadas sobre o concurso público – independente da área e vaga escolhida)

Como funciona o concurso público para a Santa Casa de São Paulo?
Avalie esta postagem

Sobre Concurseiro Paulista

Sou ex-Oficial Aviador da Marinha e bacharel em Ciências Militares pela Escola Naval.Sou um dos responsáveis pelo site Concurseiro Paulista que já tem 16 anos de história. Venho nesse Blog passar toda a minha experiência, pois já consegui ser aprovado em 33 Concursos Públicos, entre eles Delegado Civil e Federal e tantos outros. A nossa missão e compromisso é ajudar você ser aprovado também.